Rodovid - cadastro gratuito da Árvore Genealógica em idioma Português
Lembre-se que este site, a exemplo da WikiPedia, é público e TODAS as informações aqui cadastradas aparecem em consultas no GOOGLE.
Leia a "AJUDA" e "página principal" antes de continuar !

Antonio Carlos de Arruda Botelho * 23 Agosto 1827 † 11 Março 1901

De Rodovid PT

Pessoa:54106
Clã ao nascer Botelho
Sexo masculino
Nome completo
ao nascer
Antonio Carlos de Arruda Botelho
Pais

pai Arruda Botelho [Botelho] * ?

[1][2]

Eventos

23 Agosto 1827 Nascimento: Piracicaba, SP, Brasil

? Título: ?, Conde do Pinhal

1853 Casamento: Francisca Teodora Coelho [Coelho] * 1831 † 10 Março 1862

14 Março 1855 filho(a): Piracicaba, SP, Brasil, Carlos José Botelho [Botelho] * 14 Março 1855 † 20 Março 1947

11 Março 1901 Falecimento: São Carlos, SP, Brasil

Notas

Antônio Carlos de Arruda Botelho, o Conde do Pinhal, (Piracicaba, 23 de agosto de 1827 — São Carlos, 11 de março de 1901) foi um militar e empresário brasileiro.

Levou a cabo o sonho de seu pai, Carlos José de Arruda Botelho, de fundar uma vila em suas terras. A 4 de novembro de 1857 fundou São Carlos do Pinhal (hoje São Carlos) em companhia do lavrador Jesuíno José Soares de Arruda.

Após se esforçar em prol da demarcação das terras da Sesmaria do Pinhal, adquirida por seu pai junto à Coroa portuguesa, e ali fundar São Carlos, Antônio Carlos tornou-se um importante líder da sociedade paulista durante o Segundo Império. Foi presidente da câmara de vereadores de Araraquara, chefe do Partido Liberal na região e na província, deputado e presidente da Assembléia Provincial, deputado geral e membro da lista tríplice de senador. Prestou, ainda, serviços ao Brasil na Guerra do Paraguai, cuidando da formação de corpos de voluntários e do abastecimento das tropas.

Antônio Carlos era também empresário, nos ramos de transportes, agricultura, sistema financeiro e exportação. Graças a seus esforços São Carlos do Pinhal foi a primeira cidade da América do Sul a ter luz elétrica por arco voltaico.

A 31 de dezembro de 1887 Antônio Carlos conseguiu que todos os escravos de São Carlos do Pinhal obtivessem alforria, o que na prática significou antecipação à Lei Áurea.

Por seus méritos, recebeu os títulos de nobreza do Império de Barão, Visconde e Conde do Pinhal.

Antônio Carlos faleceu no Pinhal, ao regressar de uma viagem de negócios ao Rio de Janeiro, em 11 de março de 1901. Casou-se com D. Francisca Teodora Coelho e com Ana Carolina de Melo Franco Oliveira, filha do Visconde de Rio Claro, com as quais teve um único filho, e doze filhos e filhas, respectivamente.

Em 1957, durante as comemorações do centenário da fundação de São Carlos, o Correio confeccionou um selo em homenagem ao Conde do Pinhal.

[editar] Fontes

  1. Fonte: BARATA, Carlos Almeida; BUENO, Antônio Henrique Cunha. Dicionário das famílias brasileiras. Vol I. p. 746-748. -
  2. - http://pt.wikipedia.org/wiki/Conde_do_Pinhal


Gerações: avós até netos (clique no sexo - ♂ ♀ Ψ - de uma pessoa para ver a árvore COMPLETA dela)

Pais
pai Arruda Botelho
Nascimento: ?, ?
Pais
 
== 2 ==
Francisca Teodora Coelho
Nascimento: 1831, Constituição, Piracicaba, São Paulo, Brasil
Casamento: Antonio Carlos de Arruda Botelho
Falecimento: 10 Março 1862
Antonio Carlos de Arruda Botelho
Nascimento: 23 Agosto 1827, Piracicaba, SP, Brasil
Título: ?, ?, Conde do Pinhal
Casamento: Francisca Teodora Coelho
Falecimento: 11 Março 1901, São Carlos, SP, Brasil
== 2 ==
Filhos
Carlos José Botelho
Nascimento: 14 Março 1855, Piracicaba, SP, Brasil
Falecimento: 20 Março 1947, Sao Carlos, SP, Brasil
Filhos

Ferramentas pessoais